Saiba mais

Na sociedade contemporânea, o conceito de liderar foi bastante modificado devido à chegada da internet e das redes sociais. Aquela imagem de "chefe mandão" anterior ao século 21 foi se modificando aos poucos e acabou substituída por um perfil de liderança mais participativo e empático. Logo, a prática da gestão nos próximos anos tem uma tendência de se alterar cada vez mais, ajustando-se com base nos perfis de líder de cada empresa. Mas quais são as personalidades mais adequadas de liderança para a prosperidade de um negócio na contemporaneidade?

Século 21: Como liderar?

Com a incorporação das novas tecnologias à gestão de uma empresa, os líderes tiveram que se reajustar às práticas atuais de negócio. Assim, criou-se o perfil de um líder moderno, que não serve como um manual de instrução, mas sim como uma atualização na visão de liderança e gestão.

O perfil de liderança moderno é composto, principalmente, por trabalho em equipe. O líder deve visar a evolução não apenas de seu negócio, mas também de todos as pessoas incluídas nisso. Aliás, sem diferentes participantes não seria possível uma gestão de qualidade.

Além disso, conhecer as pessoas com as quais trabalha é importante para a harmonia da empresa. Assim, o líder deve ter a confiança de seus colegas para poder guiá-los em direção aos seus objetivos, além de se preocupar somente com a sua meta pessoal.

Outro ponto importante para garantir a liderança é usar sua influência. O líder é mais do que um comandante, é também um influenciador, que deve ser respeitado por sua personalidade e não somente por sua posição. Se ele souber conquistar seus colegas de trabalho e usar sua influência como um bom ouvinte e falante, sempre disposto a dar e a receber feedbacks, a tranquilidade no ambiente de trabalho é quase uma garantia.

E não se esqueça da organização. Saber organizar o seu negócio, dividir os projetos de acordo com a função de cada pessoa, além de monitorar a produtividade de sua empresa, são ações fundamentais para conquistar os seus clientes.

 

Seja comunicativo!

Comunique-se com os seus funcionários! Saiba quais são as suas projeções para o futuro pessoal e da empresa. Procure se informar sobre o que eles pensam do seu local de trabalho, se gostam ou desejam algumas mudança, ou até mesmo se podem contribuir com ideias. A comunicação "quebra a barreira" entre o líder e o resto da equipe, pois, com ela, há mais engajamento entre todos e as ideias vão se conectando até gerarem um produto ou um serviço que agrade a todos.

Use não apenas a lógica, mas também a emoção!

Na hora de tomar decisões importantes nas gestão de seu negócio, é viável que se use a lógica para alcançar o melhor resultado possível. Se, por exemplo, algum corte de recurso for obrigatório para o bem de toda empresa, mesmo que você goste muito disso, faça o que é mais lógico: retire este gasto. Porém, não se baseie apenas nisso: usar a emoção para uma decisão pode, algumas vezes, ser importante.

Pensar em um resultado geral que talvez não tenha muito retorno mas que agrade todo o resto da empresa é importante para que os companheiros de trabalho confiem em um líder como você. Assim, elas vão continuar confiando na sua gestão.

 

Ouse e crie!

Pessoas criativas nos movem e nos inspiram com suas ideias: seja criativo! Use e a abuse da criatividade para mover o seu negócio. Além disso, é interessante ter ousadia. Saber arriscar no momento certo mostra que você é uma pessoa não apenas confiante, mas também confiável, pois acreditar em si mesmo é tão importante quanto os outros acreditarem em você.

 

Esteja engajado!

Um verdadeiro líder procura sempre saber o que está acontecendo em sua empresa, além de querer saber o que o resto da equipe está pensando sobre sua gestão. Mas isso também pode acontecer a partir do outro lado. Diga aos seus funcionários o que você acha do trabalho deles: receber um feedback é importante nesta empreitada. Assim, alguns erros serão corrigidos e a produtividade de sua empresa será maior.

 

Como será a liderança em 10 anos?

Assim como foi nas décadas passadas, os próximos dez anos terão diferentes tendências de gestão. O mundo está cada vez mais globalizado, além de mais prático devido às inovações tecnológicas. Com isso, outros modos de liderar uma equipe passarão a ser mais aceitáveis.

Quanto mais acelerada essa globalização, mais requisitos o mundo dos negócios pedirá. Assim, os líderes precisarão ter mais agilidade em seu modo de gestão, com mais colaboração e abertura para diferentes públicos.

Outro aspecto está relacionado à natureza. Com uma emissão de gases poluentes cada vez mais frequente, muitos empresários terão que adotar práticas sustentáveis para agradar muitos potenciais clientes.

Por último, mas não menos importante, está a digitalização do ambiente de trabalho. É crescente a necessidade dos aparelhos eletrônicos em diferentes tipos de ocupações. Assim, o líder deve ter como objetivo adequar todos da sua equipe ao ambiente digital.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Para conhecer mais sobre o assunto leia:

Qual a diferença entre chefe e líder?

Conheça: Coaching, Mentoring e Liderança

Conheça: Extensão Liderança e Alta Performance

 

Topics: gestao, liderança, líder, Gestor, líderes, perfil de liderança